Arquivo de Etiquetas: nutrientes

Benefícios dos alimentos vermelhos

alimentos vermelhos

As cores dos alimentos conferem-lhes propriedades nutricionais específicas. Neste artigo, vamos conhecer especificamente os alimentos vermelhos e os benefícios que estes trazem à saúde.

Ao consumirmos alimentos de cores variadas estaremos a fornecer ao organismo todos os nutrientes de que ele necessita. Por isso, é importante que as refeições sejam coloridas, de preferência com de todas as cores. Normalmente, quanto mais forte e escura é a cor do alimento, maior é a quantidade de nutrientes – um espinafre, por exemplo, contém 8 vezes mais vitamina C do que uma alface.

Os alimentos vermelhos caracterizam-se por terem muitos benefícios para a saúde, dada a sua grande qualidade nutricional. Este grupo é rico em licopeno, uma substância antioxidante que confere a cor avermelhada aos alimentos; quando absorvido pelo organismo, combate os radicais livres e retarda o envelhecimento. Os nutricionistas indicam que o consumo diário de uma quantidade pequena de alimentos vermelhos ou avermelhados garante a dose de licopeno de que o organismo necessita – essa quantidade é representada, por exemplo, por um tomate, três cerejas ou três amoras.

Conheça os Nutrientes: Sais Minerais – Magnésio

magnésio

O magnésio é um nutriente que está envolvido em centenas de reações metabólicas.

O corpo de um adulto tem cerca de 25 gramas deste micronutriente, sendo cerca de 60% encontrado nos ossos, 27% nos músculos, 7% nas células e menos de 1% é encontrado fora delas.  O resultado dessa divisão é o seu envolvimento em funções como a produção de energia, síntese de DNA, RNA e proteínas, e transporte de ferro pela membrana celular.

A deficiência de magnésio é rara, já que o mineral é abundantemente encontrado nos alimentos de origem vegetal e animal. Porém, devemos ficar atentos a doenças que aumentam o risco de deficiência de magnésio – como a doença de Crohn, síndrome da má absorção, doença celíaca, doenças renais e alcoolismo crónico.

Como saber quais as dietas que são seguras?

Faça dieta sem comprometer a saúde...

Hoje em dia existem muitas dietas e programas de emagrecimento, desde as que prometem milagres bebendo apenas líquidos ou aquelas em que pode se pode ingerir gordura sem moderação… A diversidade é muita, mas sabe quais as dietas verdadeiramente seguras?

À partida, as dietas restritivas estarão eliminadas, pois inibem o consumo de alimentos que contêm nutrientes fundamentais para o organismo, como os hidratos de carbono. Este tipo de dieta podem mesmo originar disfunções graves no organismo pela carência de nutrientes e minerais necessários para a saúde e bem-estar geral.

Uma boa dieta para emagrecer deve ser equilibrada, incluindo todos os nutrientes, pois cada um deles tem uma ação específica no organismo. Para perder peso de forma saudável o segredo é diversificar os alimentos e moderar as quantidades.

O que é uma dieta saudável?

dieta saudável

Antes de tudo o mais, é fundamental que saibamos o que é uma dieta saudável. Trata-se de uma dieta equilibrada, composta por diversos produtos que satisfazem totalmente as necessidades de vitaminas, minerais e energia. A dieta saudável significa também a redução do consumo de gordura e açúcar.

Para nos mantermos saudáveis, devemos ter o cuidado de ingerir a os nutrientes necessários (cálcio, ferro, ácido fólico, …) na quantidade adequada a cada pessoa e/ou situação específica. No caso das mulheres, durante a menstruação há uma grande perda de ferro, pelo que, nesta fase, deverá haver uma atenção redobrada em relação à ingestão deste nutriente.

Ao ingerir grandes quantidades de açúcar, a dieta entra em desequilíbrio, uma vez que pode fornecer calorias vazias, ou calorias que não fornecem qualquer valor nutritivo. Por sua vez, as dietas à base de gordura saturada são muito arriscadas – podem provocar altos níveis de colesterol no sangue, e ainda aumentar o risco de doenças cardíacas.

Saiba como fazer uma alimentação saudável

alimentação saudável

O primeiro passo para fazer uma alimentação saudável começa no supermercado. Para isso, é importante ler os rótulos para conhecer as características dos alimentos.

Segue-se uma listagem com tudo o que precisa conta para seguir uma alimentação saudável e manter o peso controlado.

Calorias
As calorias são o mesmo que energia. Nos alimentos, a unidade correta a ser usada é quilocalorias (kcal) substituída comummente pela designação abreviada: calorias. Os nutrientes que fornecem energia para o corpo são três, denominados macronutrientes:
» Hidratos de carbono (4 kcal/g);
» Proteínas (4 kcal/g);
» Gorduras (9 kcal/g).