Tratamentos

Genes que influenciam a tensão arterial

genes que influenciam a tensão arterial

Foram identificadas oito variantes de genes associados à tensão arterial e à hipertensão.

O estudo mundial que conduziu a esta descoberta foi feito com a colaboração de mais de 190 mil mulheres, confirmando que alguns dos mecanismos mais importantes que influenciam a tensão arterial estão relacionados com o controlo dos níveis de sal e o diâmetro das artérias.

A médio prazo, esta pesquisa permitirá identificar enzimas terapêuticas para medicamentos que poderão ajudar a controlar a hipertensão e, segundo um dos investigadores, poderão ainda vir a ser desenvolvidos tratamentos personalizados.

Tudo sobre Hipertiroidismo e Hipotiroidismo

saúde da tiroide

Localizada no pescoço (em frente à traqueia, logo abaixo da zona designada maçã de Adão), a tiroide é a glândula responsável pelo funcionamento do metabolismo, produzindo, entre outras, a hormona T4 (ou tiroxina), que regula o gasto de energia do corpo.

No entanto, esta glândula pode sofrer alguns desequilíbrios (hiper ou hipotiroidismo) relacionados com o seu funcionamento demasiado acelerado ou lento, o que implica transformações consideráveis no organismo.

Engordar ou emagrecer de repente, sem fazer qualquer modificação no regime alimentar ou nas tarefas diárias, são indícios que algo não funciona bem com a tiroide.

Cortisol: a hormona do stresse que influencia o peso

cortisol alto

O cortisol é uma hormona diretamente envolvida na resposta do organismo ao stress. Devido à sua ação, é conhecida como a hormona do stress, pois ativa respostas do corpo perante situações de emergência, aumentando a pressão arterial e o açúcar no sangue, ao mesmo tempo que propicia energia muscular.

Como as situações de stress são pontuais, os níveis hormonais e o processo fisiológico voltam à normalidade assim que o problema é superado. No entanto, quando o stress é prolongado, os níveis de cortisol no organismo disparam, desequilibrando os níveis considerados saudáveis.

O excesso de cortisol desencadeia um trabalho acrescido das glândulas suprarrenais, provocando retenção de líquidos e acumulação de gordura. Quando o corpo está em alerta, a hormona diminui a combustão calórica, a fim de poupar energia em caso de perigo.

Benefícios do chá de gengibre

benefícios do chá de gengibre

O gengibre tem muitos benefícios para a saúde, podendo ser um excelente aliado numa dieta de emagrecimento.

Dentre os vários benefícios do gengibre para o emagrecimento e para a saúde, podemos destacar os seguintes:

  • Ajuda a prevenir a obesidade;
  • É um bom revigorante cardíaco;
  • É um excelente remédio para os enjoos ou náuseas;
  • É um poderoso anticoagulante, evitando problemas circulatórios e dores articulares;
  • Fervido em água, é usado no tratamento de gripes, tosse, constipações e até no alívio da ressaca;
  • Possui uma ação que ativa a digestão e trata problemas digestivos;
  • O gengibre pode ser ainda usado em banhos e compressas para aliviar os sintomas de gota, artrite, dores de cabeça e na coluna, além de ajudar a reduzir a congestão nasal e dores menstruais.

Benefícios dos alimentos funcionais para a saúde

alimentos funcionais

Os alimentos funcionais contribuem para melhorar o metabolismo e prevenir problemas de saúde. Este tipo de alimento é conhecido desde há vários séculos, mas houve um largo período, sobretudo nas sociedades ocidentais, em que o conhecimento dos seus benefícios para a saúde foi descurado.

As isoflavonas, por exemplo, que ajudam a reduzir o mau colesterol (LDL), estão incluídas na dieta alimentar do homem desde que a soja foi descoberta pelos chineses, há mais de 5 mil anos.

Conheça os benefícios dos grupos funcionais que pode encontrar nos alimentos: