Arquivo de Etiquetas: sais minerais

Conheça os nutrientes: Sais Minerais – Selénio

nutrientes - selénio

O selénio é um nutriente com várias funções no organismo, das quais se destacam a participação na síntese de hormonas tiroidianas, a ação antioxidante e o auxílio a enzimas que dependem dele para terem um bom funcionamento.

A quantidade ideal de ingestão de selénio para adultos é de 55 microgramas por dia. Salmão, castanha de caju e carnes são boas fontes deste nutriente.

Confira a quantidade do mineral que alguns alimentos oferecem:

Conheça os nutrientes: Sais Minerais – Manganês

alimentos ricos em manganês

 

O manganês é um é um oligoelemento (micromineral) indispensável à vida, existente nos tecidos animais e vegetais.  Este micromineral possui funções antioxidantes, além de ser essencial no desenvolvimento de ossos saudáveis e na cicatrização de feridas.

Entre ouras ações, o manganês funciona como antioxidante, ativa enzimas que participam do metabolismo dos hidratos de carbono, aminoácidos e colesterol, colaborando ainda na formação da cartilagem e ossos. No entanto, apesar de ser um mineral essencial ao organismo, também é tóxico quando em níveis elevados.

Quando o manganês está em falta no organismo, pode causar o baixo crescimento, anormalidades do esqueleto, disfunções reprodutivas, menor tolerância à glicose e alterações no metabolismo dos hidratos de carbono e das gorduras.

Conheça os nutrientes: Sais Minerais – Potássio

alimentos ricos em potássio - banana

De entre todos os sais minerais, o funcionamento do organismo depende da regulação de potássio dentro e fora das células. O potássio é o principal nutriente presente no interior das células, enquanto o sódio é o principal do fluido externo.

Os níveis de concentração entre potássio e sódio criam uma diferença electroquímica conhecida como potencial de membrana. O controlo do potencial de membrana das células é essencial para a transmissão dos impulsos nervosos, contração muscular e funcionamento do coração.

A baixa concentração de potássio é conhecida por hipocalemia, sendo que a hipocalemia severa pode levar à arritmia cardíaca, o que pode ser fatal. Os sintomas da deficiência são fadiga, fraqueza, cãibras musculares, obstipação e dores abdominais.

Conheça os nutrientes: Sais Minerais – Iodo

o iodo na alimentação

O iodo é um componente fundamental das hormonas da tiroide e, por isso, é essencial para o bom funcionamento da tiroide, sendo que as hormonas tiroidianas regulam diversos processos fisiológicos, como o crescimento e desenvolvimento, metabolismo e função reprodutiva.

A falta de iodo pode levar a danos cerebrais, principalmente em crianças cujas mães não ingeriram a quantidade adequada do micronutriente durante a gravidez. Outro efeito da deficiência de iodo é o desenvolvimento do bócio, ou seja, o aumento da glândula da tiroide.

Além do sal usado na preparação das refeições e dos alimentos industrializados que contam com ele no modo de preparação, as principais fontes de iodo são os peixes de água salgada e frutos do mar, como bacalhau, sardinha, moluscos, ostras e camarão. O leite e seus derivados também contêm quantidade importante de iodo.

Conheça os nutrientes: Sais Minerais – Crómio

crómio

Apesar de ser reconhecido como um nutriente essencial, as funções do crómio no organismo ainda não são totalmente conhecidas à exceção do seu papel no metabolismo da glicose.

O crómio potencializa os efeitos da insulina, responsável por captar a glicose no sangue, levando-a para as células. É lá que a energia é produzida, evitando o acumular de açúcar no sangue.

Carnes, feijão, brócolos, batata e cereais integrais são boas fontes deste mineral.