Arquivo de Etiquetas: prevenção doenças cardiovasculares

Benefícios e Propriedades Nutricionais do Tomate

benefícios do tomate

Uma das hortaliças mais consumidas em todo o mundo é o tomate, cujas propriedades nutricionais ajudam a prevenir doenças cardiovasculares, sendo um antioxidante natural de excelência.

A introdução do tomate na Europa deu-se em meados do século XVI, a partir do México. As primeiras espécies foram designadas pomodoro pelos italianos, pois eram amarelas, fazendo lembrar maçãs douradas.

O tomate é composto principalmente por água, contendo cerca de 14 kcal por 100 gramas. O seu consumo é recomendado pelos nutricionistas, sobretudo devido às excelentes propriedades antioxidantes que possui.

Prevenção da Diabetes e das doenças cardiovasculares

Prevenção da Diabetes e das doenças cardiovasculares

Bastam três minutos de exercício físico a cada dois dias para ser mais saudável e fazer a prevenção da diabetes e das doenças cardiovasculares.

Esta é a conclusão a que chegaram investigadores da Universidade Heriot-Watt, em Edimburgo, Escócia. De acordo com o estudo que desenvolveram, esse efeito benéfico foi sentido na análise do metabolismo de 16 voluntários habituados a uma vida sedentária.

Para James Timmons, um dos autores do trabalho, a realização de actividades físicas durante três minutos, de forma intensa, tem um efeito significativo sobre a capacidade que o metabolismo tem de processar os açúcares.

Alimentação Saudável ajuda a prevenir a hipertensão

prevenir a hipertensão

A hipertensão arterial, confirmada como um dos principais fatores de risco para as doenças cardiovasculares, está associada a doenças como o acidente vascular cerebral, a angina de peito, o enfarte do miocárdio, a insuficiência cardíaca e a insuficiência renal.

“Todos os adultos devem medir a sua tensão arterial uma ou duas vezes por ano. Aqueles que registam valores elevados (acima de 140 para a máxima e 90 para a mínima) devem repetir as medições uma ou duas vezes por mês e, se os valores se mantiverem, devem consultar o seu médico. É importante que as pessoas fiquem a saber que a tensão alta não se manifesta através de sintomas concretos, só através da medição é que se sabe que ela está alta”, refere Paula Alcântara, secretária-geral da Sociedade Portuguesa de Hipertensão (SPH).

Ao circular nas artérias, o sangue exerce pressão nas paredes destas, e “quando essa pressão ultrapassa determinados limites (140/90 mmHg) chama-se hipertensão”, explica a responsável da SPH, salientando que “existem múltiplos fatores que podem desencadear a doença. Os fatores genéticos e o envelhecimento não são controláveis, mas existem também fatores ambientais que contribuem para o desencadear da doença, tais como a ingestão excessiva de sal, o excesso de peso e o sedentarismo, que podemos controlar, mudando os nossos hábitos de vida”. Uma alimentação saudável é, pois, fundamental para evitar situações de risco…

Benefícios do exercício físico para a saúde

benefícios do exercício físico

Fatores diversos do mundo moderno (stress, alimentação inadequada, falta de tempo e disposição…), aliados a outros de vária ordem, levam a um elevado grau de sedentarismo e ao desinteresse pela prática de desporto e exercício físico, o que compromete a saúde e bem-estar geral.

Adotar uma alimentação equilibrada ou evitar maus hábitos alimentares não são medidas suficientes para prevenir certas doenças, sendo necessário incluir na rotina diária e/ou semanal a prática desportiva, que tem muitos benefícios para a saúde. Para todas as doenças há um exercício que ajuda no seu tratamento e prevenção.

Apresentamos-lhe uma lista com diversas doenças ou distúrbios de saúde e a atividade desportiva mais adequada para cada um:

Benefícios e propriedades nutricionais da Laranja

benefícios da laranja

A laranja é uma fruta pouco calórica, com elevado teor de água e rica em vitamina C.

Esta fruta originária da Ásia, especialmente da China e do arquipélago malaio. Entre as várias espécies de laranja existentes, as laranjas híbridas (resultantes da mistura de duas ou mais espécies diferentes) são as de maior tamanho, que têm melhor sabor e maior quantidade de sumo.

A melhor época para comprar laranjas vai desde meados do outono até à primavera.

Se forem consumidas em curto prazo, as laranjas podem ser deixadas à temperatura ambiente; no entanto, se pretende conservá-las durante mais de uma semana, deve colocá-las no frigorífico.