Arquivo de Etiquetas: nutrientes dos alimentos

Alimentos que estimulam o bronzeamento

alimentos que estimulam o bronzeamento

Um corpo escultural e uma pele bonita e bronzeada são o sonho de qualquer mulher. No verão estas são preocupações frequentes, no dia-a-dia de qualquer um. Sabia que pode deixar todas as outras mulheres ruídas de inveja, se comer os alimentos certos?

A nossa pele é constituída por duas camadas, a epiderme e a derme. Os alimentos que nós ingerimos são transformados em nutrientes, através do sistema digestivo e posteriormente passam para o sistema sanguíneo, onde são absorvidos e utilizados nas mais variadas tarefas do nosso corpo. Como tal, alguns dos nutrientes que ingerimos atuam na epiderme e na derme, formando mesmo uma barreira protetora contra os raios solares. Os alimentos que estimulam a produção de melanina são os que devem ser consumidos para estimular o bronzeado, uma vez que a melanina é o pigmento que dá a cor à nossa pele.

Se quer ajudar a manter a sua pele bronzeada, de forma natural e sem esforço, deve incluir no seu regime alimentar alimentos de coloração avermelhada, alaranjada e esverdeada, uma vez que são bastante ricos em betacaroteno e licopeno, que são os principais responsáveis pela formação de melanina. Alguns destes alimentos são: melancia, manga, mamão, abóbora, cenoura, beterraba, tomate, laranja, pimentão, ervas que contêm clorofila, morango, goiaba vermelha, framboesa e cereja. É de salientar que estes alimentos apenas ajudam a aumentar o seu bronzeado e não mudam o seu tom de pele do dia para a noite, pois a capacidade de bronzeamento é muito variável, de pessoa para pessoa, tem a ver com a informação genética carregada por cada um.

Conheça os nutrientes: Sais Minerais – Crómio

crómio

Apesar de ser reconhecido como um nutriente essencial, as funções do crómio no organismo ainda não são totalmente conhecidas à exceção do seu papel no metabolismo da glicose.

O crómio potencializa os efeitos da insulina, responsável por captar a glicose no sangue, levando-a para as células. É lá que a energia é produzida, evitando o acumular de açúcar no sangue.

Carnes, feijão, brócolos, batata e cereais integrais são boas fontes deste mineral.

Alimentos que ajudam a emagrecer

alimentos que ajudam a emagrecer

Os alimentos que ajudam a emagrecer são essencialmente constituídos por nutrientes com um baixo valor calórico, ou alimentos que contêm alguns nutrientes que facilitam o emagrecimento.

Estes alimentos são designados de termogénicos, uma vez que aumentam a temperatura do corpo e fazem com que o organismo gaste mais calorias a realizar a sua digestão do que as calorias que eles realmente contêm. Os alimentos termogénicos devem estar sempre presentes na alimentação diária, agregados a uma alimentação saudável.

Alguns dos alimentos que ajudam a emagrecer, devido aos nutrientes que os constituem são:

Habitue-se a ler os rótulos das embalagens

ler os rótulos

Todos os dias precisamos de consumir alimentos sólidos e líquidos para obter energia (calorias). Essa energia é usada para manter as funções vitais (respiração, batimentos cardíacos, circulação), a temperatura corporal e para que possamos fazer as nossas atividades diárias e exercícios físicos. Para manter o peso corporal é preciso equilibrar a quantidade de energia ingerida e gasta num dia e, para isso, é fundamental conhecermos as características nutricionais dos alimentos que ingerimos.

A indicação do valor energético é a primeira informação que procuramos na tabela nutricional inscrita nos rótulos, pois o que nos preocupa mais são mesmo as calorias. Normalmente, estas são expressas em quilocalorias e em quilojules. A maioria dos rótulos dos alimentos indica os dados por 100 g, o que raramente coincide com a dose que cornemos, obrigando-nos a fazer um cálculo. Por exemplo, um iogurte pesa, em média, 125 gramas, pelo que contém mais calorias ou gorduras do que as indicadas no rótulo.

  • Qual é a diferença entre as quilocalorias (kcal) e os quilojules (Kj)?
    As Kcal (quilocalorias) e os Kj (quilojules) indicam a quantidade de energia de um alimento, sendo que o Kj é a medida utilizada internacionalmente.
    1 Kcal equivale a 1000 calorias. Para transformar quilocalorias em quilojules, multiplicamos a quantidade de energia do alimento em Kcal por 4,184.

Conheça os nutrientes: Sais Minerais – Cobre

alimentos ricos em cobre

Entre outras funções, o cobre é um ótimo antioxidante (substância que combate os radicais livres, responsáveis pela formação das placas de gordura nas artérias). Este sal mineral é um nutriente que também faz parte de diversas enzimas envolvidas na produção de energia celular, na formação de tecidos conetivos e na produção de melanina.

A deficiência de cobre é rara. No entanto, um sinal clínico de deficiência é um tipo de anemia que não se cura com o consumo de ferro, mas é corrigida com suplementação de cobre. Outros indícios das taxas diminutas de cobre são a baixa pigmentação e a deficiência no crescimento. A deficiência do sistema imunológico é outro sintoma, porque as baixas no mineral levam à diminuição das células de defesa do sangue, aumentando a suscetibilidade para infeções.

O cobre pode ser encontrado em carnes, peixes, sementes e oleaginosas. Confira a quantidade deste sal mineral em alguns alimentos: