Arquivo de Etiquetas: gordura

Siga a Pirâmide Alimentar e tenha uma Alimentação Saudável

nova pirâmide alimentar

A pirâmide alimentar, anteriormente representada pela Roda dos Alimentos, foi desenvolvida, em 1992, pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos. Mais recentemente, o Departamento de Nutrição da Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard sugeriu uma nova pirâmide, que passa a ter como base o exercício físico e uma alimentação saudável para controlar o peso.

Os grupos alimentares que estruturam a pirâmide foram associados a partir das suas características nutricionais e dividem-se em porções, mas é o exercício físico que está agora na base da pirâmide alimentar.

Assim, devemos:

Tudo sobre as gorduras alimentares

gorduras alimentares

As gorduras, contrariamente ao que vulgarmente se pensa, não são nocivas para o nosso organismo. Elas são, aliás, um componente essencial para o nosso corpo, desempenhando um papel importante:

  • No funcionamento das células
  • Na síntese e função das hormonas
  • Na composição de secreções e das células nervosas.

Por isso, o consumo de gorduras não deve ser eliminado ou restringido mas sim aprimorado no que diz respeito à qualidade. Para fazer uma selecção cuidada das gorduras a incluir no nosso regime alimentar diário, temos de as conhecer, a fim de sabermos diferenciar as boas daquelas que são nocivas ao organismo.

Comer à noite engorda mais?

comer à noite

A alimentação é um dos temas mais complexos e que suscitam mais dúvidas a qualquer pessoa, quer seja para manter, diminuir ou aumentar o peso. “Comer à noite engorda mais” será mito ou realidade? A verdade é que nem é um mito muito provado nem uma realidade muito verificada.

Todas as pessoas precisam de se alimentar, pois é através da alimentação que se conseguem obter os nutrientes que nos fornecem as calorias, que mais tarde, no interior do nosso organismo, se vão transformar em energia e, assim, conseguirmos realizar todas as nossas atividades diárias.

Relativamente ao facto de se engordar mais ao comer à noite, não podemos esquecer que os alimentos têm as mesmas calorias, quer seja de manhã, à tarde ou à noite e, como tal, as calorias que ingerimos ao comer qualquer alimento, são as mesmas em qualquer hora do dia. No entanto, as nossas atividades diárias não são as mesmas em todas as horas do dia, isto é, de dia gastamos mais energia nas atividades que realizamos, logo necessitamos de ingerir mais calorias, nas refeições diurnas, começando logo pela manhã, com um bom pequeno-almoço.

Vida e Saúde: tudo sobre o Colesterol

tudo sobre o colesterol

O colesterol, que só existe no reino animal, é um elemento das células e está presente no cérebro, nos nervos, nos músculos, na pele, no fígado, nos intestinos e no coração. Trata-se de uma substância imprescindível para a nossa vida e saúde, uma vez que, a partir dele, o organismo produz substâncias importantes – como hormonas, vitaminas e ácidos – que ajudam na digestão.

No entanto, para que possamos usufruir de todos os seus benefícios, temos de manter o colesterol controlado, adotando hábitos de vida saudáveis e uma dieta equilibrada.

Para ter o colesterol em níveis normais, há quatro princípios básicos a que deve obedecer:

NUNCA faça exercício físico em jejum

exercício físico em jejum

Fazer exercício físico em jejum é uma prática que pode ter graves complicações em termos de saúde. No entanto, muita gente desesperada por emagrecer o faz, pensando que, desta forma, estarão a fazer um gasto mais eficaz das gorduras acumuladas. Este é um erro atroz e nada saudável, por isso, NUNCA faça exercício físico em jejum.

Quando acordamos há uma redução da reserva de energia no organismo e, muitas vezes, uma redução da glicemia sanguínea (concentração de açúcar no sangue). Por isso, fazer exercício físico em jejum pode causar hipoglicemia (redução dos níveis de açúcar no sangue) que, associada à falta de energia, não permitem que o organismo tire o máximo proveito da actividade física, podendo mesmo originar um desmaio.

Se o nosso rendimento durante o exercício for menor, o gasto calórico e o metabolismo também o serão. Sabendo nós que o metabolismo é o ritmo a que o organismo consegue queimar calorias e gorduras, convém que ele não esteja lento, pois quanto mais acelerado estiver o metabolismo, mais calorias queima.