Arquivo de Etiquetas: aveia

Conheça os alimentos que diminuem o colesterol

alimentos que diminuem o colesterol

Se pensa no seu bem-estar e procura ter uma alimentação saudável, saiba quais são as melhores escolhas alimentares para controlar o colesterol.

Aveia:
A aveia é um bom alimento para diminuir os níveis a gordura no sangue, porque possui betaglucana, uma fibra solúvel que inibe a síntese do colesterol. Uma taça de aveia ao pequeno-almoço proporciona cerca de 1 a 2 gramas desse tipo de fibra, sendo a recomendação diária de fibras solúveis de 5 a 10 gramas.

Beringela e quiabo:
Estes vegetais, além de serem boas fontes de fibras solúveis, possuem um baixíssimo valor calórico e substâncias antioxidantes.

Dieta ALCO

Dieta ALCO

Esta dieta teve origem na Argentina, tendo sido criada pelo Dr. Cormillot, no âmbito do trabalho desenvolvido na ALCO – sigla de “Anónimos Luchadores Contra la Obesidad”, ou seja Associação de Combate à Obesidade. Inaugurada em 1967, esta instituição tinha como objetivo criar grupos de auto-ajuda que, em conjunto com uma dieta específica e sob orientação, permitissem perder peso de uma forma eficaz e, assim, combater a obesidade. Atualmente a Associação tem mais de 700 filiais em vários países, incluindo Argentina, Paraguai, Uruguai, Espanha, Israel e Canadá.

Especialmente indicado para pessoas obesas ou que comem muito, este método é eficaz para pessoas que já fizeram várias dietas e não obtiveram os resultados desejados, acabando por engordar.

Os princípios da dieta ALCO

Aveia combate o Colesterol LDL, as Gorduras e o Cancro

aveia faz bem

A aveia tem o poder de combater o mau colesterol, mas os seus benefícios para a saúde não se esgotam aqui.

Este cereal não só reduz as taxas de LDL (mau colesterol), como também previne o cancro do cólon, devido ao facto de ser rico em fibras solúveis, que se aliam à água e se transformam num gel capaz de eliminar as gorduras das artérias e impedir que elas sejam absorvidas pelo intestino.

A aveia é um cereal rico em diversos nutrientes: fibras, ferro, cálcio, magnésio, zinco, cobre, manganês, vitaminas (principalmente vitamina E) e proteínas.