Ler ajuda a Emagrecer

ler emagrecer

Os benefícios da leitura para o bem-estar geral e desenvolvimento intelectual são sobejamente conhecidos. Mas ler também ajuda a emagrecer, embora nos possa parecer estranho…

Especialistas britânicos descobriram que os livros de ação, sexo e aventura queimam o dobro das calorias habitualmente consumidas na leitura, sabendo-se que o corpo parado consome apenas uma caloria por minuto. A relação entre a leitura e o emagrecimento deve-se ao facto de o organismo produzir adrenalina ao lermos um destes tipos de livro. A adrenalina, por sua vez, é uma hormona que reduz o apetite e queima calorias.

Assim, se quiser emagrecer, leia por exemplo o Código da Vinci, de Dan Brown, que consome 885 calorias. Para manter o peso pode optar por O Exorcista (465 calorias) ou por Orgulho e Preconceito (443 calorias).

Hidratos de carbono: monossacáridos e polissacáridos

hidratos de carbono

Existem dois tipos de hidratos de carbono – os monosssacáridos e os polissacáridos.

Hidratos de Carbono Monossacáridos

São os mais simples e servem sobretudo como fontes de energia rápida e a curto prazo.

Encontram-se:

NUNCA faça exercício físico em jejum

exercício físico em jejum

Fazer exercício físico em jejum é uma prática que pode ter graves complicações em termos de saúde. No entanto, muita gente desesperada por emagrecer o faz, pensando que, desta forma, estarão a fazer um gasto mais eficaz das gorduras acumuladas. Este é um erro atroz e nada saudável, por isso, NUNCA faça exercício físico em jejum.

Quando acordamos há uma redução da reserva de energia no organismo e, muitas vezes, uma redução da glicemia sanguínea (concentração de açúcar no sangue). Por isso, fazer exercício físico em jejum pode causar hipoglicemia (redução dos níveis de açúcar no sangue) que, associada à falta de energia, não permitem que o organismo tire o máximo proveito da actividade física, podendo mesmo originar um desmaio.

Se o nosso rendimento durante o exercício for menor, o gasto calórico e o metabolismo também o serão. Sabendo nós que o metabolismo é o ritmo a que o organismo consegue queimar calorias e gorduras, convém que ele não esteja lento, pois quanto mais acelerado estiver o metabolismo, mais calorias queima.

A Diabetes tem cura?

A Diabetes tem cura

Está em curso um esforço combinado para descobrir a cura da diabetes tipo 1, que poderá acontecer dentro dos próximos 10 a 15 anos.

Entretanto, a atenção concentra-se em travar a doença nos casos recentemente diagnosticados. O Dr. Greg Fulcher, do Sydney’s Royal North Shore Hospital, adianta: «Estamos a tentar experimentar modular o sistema imunitário de modo que a doença não avance até à destruição final do pâncreas.»

O outro caminho é tentar recriar a capacidade do organismo para fabricar a insulina, por exemplo, fazendo um transplante do pâncreas ou das células que produzem a insulina. A investigação sobre as células estaminais traz também uma esperança de que estas células possam ser criadas em laboratório.

Conservação de alimentos congelados

alimentos congelados

Mesmo congelados, os alimentos têm um tempo de conservação limitado. Deve, pois, ter em atenção os prazos de conservação de cada alimento no congelador, a fim de manter as suas propriedades nutricionais e, em última instância, salvaguardar a sua saúde.

  • O pão, o peixe, o marisco e as refeições pré-cozinhadas duram apenas de 1 a 3 meses;
  • Os gelados, a carne de porco, os ovos e a manteiga não se devem guardar mais do que 4 a 6 meses;
  • Os cogumelos, o queijo, a fruta e a carne de borrego podem manter-se entre 7 a 9 meses;
  • Os legumes, a carne de vitela ou de vaca, de galinha e outras aves duram entre 10 a 12 meses.

Outro aspeto a que deverá também dar especial atenção é a temperatura a que os alimentos são conservados. O gráfico abaixo demonstra claramente este aspeto, mas podemos destacar o seguinte: