Diabetes, a doença e as suas implicações para a saúde

Diabetes, a doença e as suas implicações para a saúde

A diabetes é a doença com crescimento mais rápido no Mundo, com 230 milhões de pessoas já afetadas. Embora tendamos a pensar o contrário, a diabetes não é um problema dos outros, mas sim de todos nós! O risco de desenvolver diabetes durante a vida é de 33% nos homens e de 39% nas mulheres.

A diabetes é a primeira causa, a nível mundial, de doenças do coração, derrame cerebral, cegueira, afeção grave de rins e amputação dos membros inferiores…

Mas em que consiste esta doença, ao certo?
O problema da diabetes é basicamente este: excesso de açúcar (glicose) no sangue. A glicose é a nossa fonte principal de energia, que deriva dos hidratos de carbono que ingerimos e é absorvida pelas nossas células com a ajuda da hormona insulina; se o nosso organismo tiver um problema de insulina, a glicose não é absorvida. Há várias razões para isto acontecer: em algumas pessoas, o pâncreas deixa de produzir insulina, o que origina a diabetes tipo 1. Mas na maior parte das pessoas com diabetes, o corpo tem dificuldade em processar a insulina que o pâncreas produz: é a diabetes tipo 2.

Hipotiroidismo: causas, sintomas e tratamento da doença

hipotiroidismo

Sem dúvida que a tiroide desempenha um grande papel no nosso corpo, principalmente na regulação do metabolismo celular. Se o seu funcionamento estiver deficitário, pode aparecer o hipotiroidismo, uma doença que pode comprometer o organismo de uma pessoa. Esta doença baseia-se numa disfunção da glândula tiroide que resulta da produção insuficiente de hormonas tiroideias, que têm como função regular o metabolismo celular, intervindo muitas vezes na frequência cardíaca, na tensão arterial e na temperatura corporal.

A falta de hormonas tiroideias pode afetar todas as funções orgânicas, daí existir a necessidade de estar sempre atento aos seus possíveis sintomas do hipotiroidismo.

As causas mais frequentes desta doença, são a remoção cirurgia parcial ou total da tiroide, doenças inflamatórias ou imunológicas como as tiroidites (inflamação autoimune da glândula tiroideia que produz o bócio) e o tratamento com iodo radiativo. O hipotiroidismo também pode ser provocado pela escassez de iodo na alimentação, já que este mineral é fundamental para a síntese de hormonas tiroideias.

Sexo Matinal traz Benefícios para a Saúde

Sexo Matinal traz Benefícios para a Saúde

Fazer sexo de manhã, três vezes por semana, traz grandes benefícios para a saúde. Esta constatação é o resultado de um estudo, publicado na revista New Scientist e realizado pela Queen’s University de Belfast.

De entre os vários fatores positivos, destacam-se os seguintes:

  • Fortalece as defesas naturais, pois há uma libertação de anticorpos que nos protegem de infeções indesejadas;
  • Dá mais ânimo e melhora o humor;
  • Queima calorias;
  • Atrasa o envelhecimento;
  • Melhora a circulação sanguínea;
  • É um bom protetor cardiovascular.

Benefícios do exercício físico para a saúde

benefícios do exercício físico

Fatores diversos do mundo moderno (stress, alimentação inadequada, falta de tempo e disposição…), aliados a outros de vária ordem, levam a um elevado grau de sedentarismo e ao desinteresse pela prática de desporto e exercício físico, o que compromete a saúde e bem-estar geral.

Adotar uma alimentação equilibrada ou evitar maus hábitos alimentares não são medidas suficientes para prevenir certas doenças, sendo necessário incluir na rotina diária e/ou semanal a prática desportiva, que tem muitos benefícios para a saúde. Para todas as doenças há um exercício que ajuda no seu tratamento e prevenção.

Apresentamos-lhe uma lista com diversas doenças ou distúrbios de saúde e a atividade desportiva mais adequada para cada um:

Dicas para Aliviar a Barriga Inchada

dicas para aliviar a barriga inchada

Todos nós, homens e mulheres, já passamos pela sensação de barriga inchada, mesmo sem termos comido em excesso, e sabemos que é uma sensação desagradável. Muitas vezes, mesmo depois de fazer dieta, parece que a barriga continua na mesma, apesar de se terem perdido alguns quilos.

Existem inúmeras razões para a sensação de barriga inchada – prisão de ventre, alimentação deficiente em fibras e alimentos diuréticos, mau funcionamento do estômago, stresse, acumulação de altos níveis de gordura e doenças do foro intestinal, como cancro do intestino ou doença de Crohn. Nas mulheres, a barriga inchada também é muito comum com a aproximação do período menstrual, porque nesta fase o organismo retém mais líquidos.

Independentemente das causas, adotar um estilo de vida saudável, seguindo uma dieta equilibrada e prática regular de exercício físico, pode ser o suficiente para ajudar a desinchar a barriga.