Dieta Scarsdale

Dieta Scarsdale

Criada pelo cardiologista americano Dr. Herman Tarnower, a dieta Scarsdale permite perder peso em pouco tempo, estando indicada para pessoas adultas sem problemas de saúde e que tenham uma prática de atividade física baixa ou moderada.

Esta dieta, que fez muito sucesso na década de 70 do século XX, baseia-se num plano de 800 a 1200 calorias diárias, tendo como objectivo aumentar as proteínas e diminuir drasticamente a ingestão de açúcares e as gorduras, para que o organismo consuma as suas próprias reservas. Permite uma perda de peso rápida – nas primeiras duas semanas, pode-se perder até ½ kg por dia – e, como tal, não se deve prolongar por muito tempo.

Vantagens da dieta Scarsdale

Dieta do Dr. Murua: a Dieta das Estrelas

Dieta Do Dr. Murua - a Dieta das Estrelas

Esta dieta, criada pelo Dr. Murua faz sucesso em Hollywood, contando com seguidoras fiéis como as famosas Demi Moore, Jennifer Aniston e Sharon Stone. Por ser tão conhecida e seguida por pessoas famosas, esta dieta também é conhecida como «A dieta das estrelas».

Vantagens da dieta do Dr. Murua

Esta é uma dieta bastante equilibrada, já que incluiu alimentos de todos os grupos. Além disso, permite uma considerável perda de peso, desde que seja cumprida à risca.

Conheça os Nutrientes: Sais Minerais – Magnésio

magnésio

O magnésio é um nutriente que está envolvido em centenas de reações metabólicas.

O corpo de um adulto tem cerca de 25 gramas deste micronutriente, sendo cerca de 60% encontrado nos ossos, 27% nos músculos, 7% nas células e menos de 1% é encontrado fora delas.  O resultado dessa divisão é o seu envolvimento em funções como a produção de energia, síntese de DNA, RNA e proteínas, e transporte de ferro pela membrana celular.

A deficiência de magnésio é rara, já que o mineral é abundantemente encontrado nos alimentos de origem vegetal e animal. Porém, devemos ficar atentos a doenças que aumentam o risco de deficiência de magnésio – como a doença de Crohn, síndrome da má absorção, doença celíaca, doenças renais e alcoolismo crónico.

Dicas para ingerir menos calorias

ingerir menos caloriadicas para s

As calorias são indispensáveis ao funcionamento do nosso organismo por um conjunto de razões, entre as quais se podem referir a manutenção da temperatura corporal ou até o auxílio no movimento dos olhos para ler estas palavras. Ao ler num rótulo que um alimento tem determinado número de calorias, isso significa a quantidade de energia que esse alimento fornece ao organismo.

Quando consumimos calorias em excesso, a energia fornecida é acumulada no organismo, transformando o excesso de calorias em gordura, que é acumulada nos tecidos adiposos e, com o tempo, aparecem as indesejáveis saliências na barriga (comummente conhecidas como «pneus»).

Perder os quilos a mais não é fácil, muitas pessoas optam por fazer dietas extremas, exercícios completos, que inicialmente até apresentam resultados positivos, mas rapidamente voltam os quilos perdidos (quando não mais!). Para emagrecer é preciso ingerir a quantidade certa de calorias, isto é, consumir um pouco menos de calorias do que aquelas que gastamos. Quando atingimos um ponto em que desejamos simplesmente manter o peso, só teremos de ingerir a quantidade de calorias equivalente às que são gastas, mas nunca mais…

Saiba tudo sobre os nutrientes

Você sabe que os nutrientes são importantes e até pode conhecer alguns deles, mas sabe quais são efetivamente as suas funções?

Ácido fólico: ajuda a reduzir o risco de doenças cardiovasculares. É uma das variantes da vitamina B.

Antocianina: antioxidante que combate danos nas células e ajuda a reduzir o colesterol.