Obesidade Abdominal: as gorduras inimigas da saúde

obesidade abdominal

A obesidade abdominal, para além de ser altamente inestética, afeta gravemente a saúde, sendo mesmo considerada a gordura mais prejudicial ao corpo humano.

De acordo com um estudo feito a cerca de 45 mil mulheres, a gordura abdominal aumenta o risco de morte, mesmo nas que apresentam um índice de massa corporal (IMC) considerado normal.

A obesidade abdominal está ligada ao desenvolvimento de vários fatores de risco para o coração, como níveis de colesterol, resistência à insulina, diabetes, hipertensão e trombose; além disso, estas gorduras aumentam também o risco de cancro – em especial da mama, útero, cólon, intestino grosso e rins.

É importante fazer uma combinação de nutrientes no sentido de reduzir o inchaço abdominal e ajudar a regular o metabolismo. Controlar a alimentação, dando preferência a verduras, frutas, legumes e cereais, é o primeiro passo para eliminar a barriga e não gerar outros problemas.

Alimentos ricos em potássio (como alface, banana, brócolos, chicória, espinafre, beterraba, maracujá, goiaba, atum, sardinha, lentilha, feijão) ajudam muito, pois são naturalmente diuréticos.

As fibras, solúveis e insolúveis (encontradas nas frutas, aveia, farelos, …) aumentam o trânsito intestinal, diminuem a formação dos gases e, consequentemente, o inchaço abdominal.

O abacaxi é também um alimento de grande importância, uma vez que aumenta a sensação de saciedade, reduzindo a necessidade/impulso constante de comer.

Para combater a obesidade abdominal, deverá ainda ter moderação na ingestão de sal, alimentos enlatados e carnes vermelhas, uma vez que favorecem a retenção de líquidos. Também devem ser evitados os hidratos de carbono simples (açúcares e farináceos, em geral), pois são alimentos pobres em vitaminas e minerais, causando fermentação e produção de gases que levam à distensão abdominal e acumular de gordura na região.

Para além dos cuidados com a alimentação, para combater obesidade e o inchaço abdominal, é também importante praticar atividades físicas, como a caminhada, bicicleta ou corrida.

TAMBÉM PODERÁ GOSTAR DE LER:

Tire o máximo proveito das verduras e legumes
Prevenção da Diabetes e das doenças cardiovasculares
Receita de chá de folhas de anona
Combater a obesidade e emagrecer com saúde


4 Comentários a Obesidade Abdominal: as gorduras inimigas da saúde

  1. Alex diz:
    Vou utilizar algumas dessas dicas. Achei interessante.
  2. Maura Reis diz:
    Tenho navegado na Internet em vários blogs e sites sobre obesidade, e este artigo chamou-me a atenção. Gostei especialmente da imagem do seu blog, bastante profissional e organizado.
    Por isso, desde já os meus sinceros parabéns.
  3. na Rita diz:
    Tenho uma filha com 10 anos e tem muita barriga… como poderei ajuda-la a perder a barriga que ela tem?
    Obrigado
  4. carmen magalhaes diz:
    gostei muito estou em angola e preciso perder a barriga o mais rapido possivel ela me encomoda muito as vezes me sinto muito mal doi -me ate a cabeca e sinto-me sempre com a barriga cheia apesar de usar um contracptivo que aumenta o peso
    gostei imenso os meus parabems voces sao profissionais comecei bem o ano de 2012
    voces abriram uma nova experiencia para minha vida vou comecar a por em pratica garanto
    o mais gostoso sao as imangem que voces tornam o site mais atrativo e colorido continuem voces vao ajudar muita gente bj

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>