Benefícios dos alimentos vermelhos

alimentos vermelhos

As cores dos alimentos conferem-lhes propriedades nutricionais específicas. Neste artigo, vamos conhecer especificamente os alimentos vermelhos e os benefícios que estes trazem à saúde.

Ao consumirmos alimentos de cores variadas estaremos a fornecer ao organismo todos os nutrientes de que ele necessita. Por isso, é importante que as refeições sejam coloridas, de preferência com de todas as cores. Normalmente, quanto mais forte e escura é a cor do alimento, maior é a quantidade de nutrientes – um espinafre, por exemplo, contém 8 vezes mais vitamina C do que uma alface.

Os alimentos vermelhos caracterizam-se por terem muitos benefícios para a saúde, dada a sua grande qualidade nutricional. Este grupo é rico em licopeno, uma substância antioxidante que confere a cor avermelhada aos alimentos; quando absorvido pelo organismo, combate os radicais livres e retarda o envelhecimento. Os nutricionistas indicam que o consumo diário de uma quantidade pequena de alimentos vermelhos ou avermelhados garante a dose de licopeno de que o organismo necessita – essa quantidade é representada, por exemplo, por um tomate, três cerejas ou três amoras.

Para emagrecer, a melhor fonte de licopeno é o tomate; um vegetal pouco calórico, rico em fibras e que pode ser utilizado na culinária das mais diversas formas. Para ter um aproveitamento nutricional ainda maior, recomenda-se que a sua ingestão seja combinada a uma pequena quantidade de gordura, preferencialmente do tipo monoinsaturada, como o azeite.

Como complemento, beba um copo de vinho tinto, conhecido pelos antioxidantes que protegem os vasos sanguíneos, combatendo as doenças do coração.

 

CARACTERÍSTICAS E BENEFÍCIOS DOS ALIMENTOS VERMELHOS:

 

Alimentos...Características e Benefícios
Alimentos...Características e Benefícios
AMORAS


Ajudam a reduzir o mau colesterol.
DIÓSPIROS
(CAQUI. NO BRASIL)


Devido ao seu alto teor de fibras, auxiliam no bom funcionamento intestinal.
São uma fonte de fósforo, cálcio e sódio, além de betacaroteno (provitamina A), que tem ação antioxidante.
CEREJAS


Protegem de doenças cardiovasculares, devido à sua quantidade de flavonóides;
São uma fonte de vitaminas A e C e de fibras solúveis, que facilitam o bom funcionamento do intestino e ajudam a reduzir os níveis de colesterol.
FEIJÃO


É rico em proteínas e ferro;
Combate o colesterol e evita doenças cardíacas.
FRAMBOESAS


Ajudam a regular o trânsito intestinal e a manter o colesterol baixo.
MAÇÃS


A principal substância presente na maçã é a pectina, fibra solúvel que auxilia na diminuição dos níveis de colesterol e no bom funcionamento intestinal. Diminuindo os níveis de colesterol, diminui-se também os riscos de desenvolvimento de doenças cardiovasculares;
As maçãs também contém ácido málico, que contribui para absorção de vitamina C e estimula as funções cerebrais.
MELANCIA


Tem uma grande quantidade de água, o que faz com que seja um excelente diurético;
Combate a ação dos radicas livres graças a duas substancias - a glutationa e o licopeno;
Contém fósforo, ferro e cálcio e vitaminas do complexo B.
MORANGOS


São uma fonte de ácido elágico, uma das substâncias responsáveis pela sua cor avermelhada, que tem ação antioxidante e auxilia na diminuição da ocorrência de tumores no aparelho digestivo.

TAMBÉM PODERÁ GOSTAR DE LER:

Sumo Natural para Combater a Celulite
Mitos e Verdades sobre Dietas e Alimentação
Coma doces sem comprometer a dieta
Dicas para Aliviar a Barriga Inchada


Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>