Hipertiroidismo: causas, sintomas e tratamento da doença

causas, sintomas e tratamento do hipertiroidismo

O hipertiroidismo é uma doença provocada pelo excesso de hormonas tiroideias em circulação no corpo de uma pessoa. Este problema é causado pela hiperatividade da glândula tiroide, que provoca uma excessiva produção de hormonas tiroideias.

O hipertiroidismo pode ser uma doença aguda, quando se produz num curto período de tempo, ou crónica, caso se prolongue no tempo.

Causas e sintomas do hipertiroidismo

A doença afeta principalmente pessoas de sexo feminino, na fase adulta, embora também afete os homens.

Em 70 a 80% das pessoas, o hipertiroidismo foi desencadeado por uma doença autoimune conhecida como a doença de Graves – um transtorno do sistema imunitário que ataca a glândula tiroide, causando uma produção excessiva de hormonas.

Entre as causas para o seu surgimento podem indicar-se o consumo de tabaco, radiação no pescoço ou até vírus. No entanto, o hipertiroidismo também se pode dever à existência de tumores na glândula tiroide ou nos ovários e testículos, inflamação da tiroide por infeção viral, ingestão excessiva de iodo ou de hormonas tiroideias através de alimentos ou suplementos.

Também existe um hipertiroidismo secundário que pode ser provocado por um tumor hipofisário que segregue demasiada hormona estimulante da tiroide, que por sua vez estimula a hiperprodução de hormonas tiroideias. Outra causa rara que poderá provocar o hipertiroidismo é a resistência hipofisária à hormona tiroideia, que tem como resultado uma hipófise que segrega demasiada hormona estimulante da tiroide.

Outro caso que raramente pode acontecer é às mulheres com uma mola hidatiforme, dado que a glândula tiroide é estimulada pelas elevadas concentrações no sangue de gonadotrofina coriónica humana. O hipertiroidismo irá desaparecer quando a mola desaparecer também e a gonadotrofina coriónica humana não for detetada no sangue.

Os sintomas desta doença são:

  • Alterações oculares
  • Ansiedade
  • Aumento de apetite
  • Diarreia
  • Fadiga
  • Intolerância ao calor
  • Intolerância ao calor
  • Perda de peso

Diagnóstico e tratamento do hipertiroidismo

Para diagnosticar o problema é necessário fazer uma dosagem dos níveis séricos de TSH e T4, sendo que o ideal é o TSH ter níveis baixos e o T4 níveis normais. No caso de existir hipertiroidismo, há um aumento de secreção de TSH (hipertiroidismo central ou hipofisário) os níveis de T4 encontram-se altos, associados aos níveis normais ou altos de TSH.

Relativamente ao tratamento, este existe e combina fármacos com cirurgia para remover total ou parcial a glândula tiroide. Também poderá ser administrado iodo relativo que radia de uma forma direta o tecido tiroideu, destruindo-o completamente.

No entanto, existe uma combinação de alimentos que ajudam a controlar a hiperatividade da glândula tiroide: o repolho, a couve-de-bruxelas, as uvas, o rabanete, a noz, o pimento, a beringela e os citrinos.

Conhecendo um pouco melhor o hipertiroidismo, poderá entender e diagnosticar eficazmente os seus sintomas, escolher os alimentos que ajudem a controlar a doença ou mesmo tratá-la em definitivo.

TAMBÉM PODERÁ GOSTAR DE LER:

Tratamentos anticelulite: endermologia e mesoterapia
Cereais Integrais previnem Diabetes tipo 2
Benefícios do chá de gengibre
Sumo de Gengibre com Abacaxi e Limão


Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>