Dieta do Dr. Terry Shintani

Dieta do Dr. Terry Shintani

Esta dieta, também conhecida como a Dieta do Havai ou Dieta Havaiana, foi desenvolvida pelo doutor Terry Shintani – médico nutricionista, diretor da área de Medicina Preventiva no Centro de Saúde da Costa Waiànae, no Havai. Desenvolvida na década de 1990, esta dieta surgiu como resposta às tendências crescentes de obesidade, não só nas ilhas havaianas, mas também nos Estados Unidos.

Baseado na pirâmide alimentar tradicional, Terry Shintani baseia o seu plano dietético fazendo ajustes no que se refere aos tipos de alimentos ingeridos – os produtos lácteos, carne e azeite são substituídos por alimentos não lácteos e sem colesterol, ricos em cálcio, proteínas e ferro. Em termos nutricionais, o princípio da dieta é aumentar a ingestão de alimentos ricos em fibra (que tendem a manter-nos saciados, uma vez que criam grande massa no estômago) e tendem a ter poucas calorias. Como diz o Dr. Terry Shintani: “Se tem excesso de peso,  não é porque come demais. Você come demais porque come de menos (alimentos ricos em fibra)”.

Os vegetais podem dar o volume necessário para combater a fome e manter o estômago saciado, com um número mínimo de calorias. Por exemplo, 450 gramas de pepinos contêm apenas 76 calorias. Alface, aipo, repolho e courgette também são boas opções para colmatar a angústia da fome. Algumas frutas podem ter o mesmo efeito, mas escolha com cuidado. Passas, ameixas pretas e figos contêm grandes teores de frutose, açúcar das frutas que aumenta a produção de gordura no fígado, e parte disso pode terminar na sua cintura. As frutas com menor teor de açúcar incluem cerejas, ameixas, toranja, pêssegos e pêras. Prefira as frutas frescas que façam volume.

Elementos-chave da Dieta do Dr. Terry Shintani

Esta dieta tem três conceitos-chave:

  • dieta
  • exercício
  • estabilidade mental

Em termos nutricionais, a dieta pressupõe que um indivíduo possa comer a quantidade que quiser dos alimentos recomendados, desde que queime as calorias que consome. Além disso, preconiza a ideia antiga de que devemos ser equilibrados mental, física e espiritualmente, a fim nos tornarmos pessoas plenamente saudáveis. O princípio  é, pois, assegurar uma “mente sã em corpo são”.

Benefícios da dieta

Porque se foca principalmente em comer alimentos integrais, naturais e fazer uma alimentação equilibrada, acompanhados com o exercício físico, o potencial de perda de peso desta dieta é elevado. Além disso, são analisadas as causas internas para o excesso de peso, havendo uma orientação pela resolução desses problemas.

É ideal para pessoas que sofrem de celulite, porque leva o organismo a libertar as impurezas acumuladas em áreas críticas do corpo, como as coxas, ancas, estômago e nádegas.

Outros benefícios potenciais incluem a redução dos níveis de colesterol, aumentando o metabolismo e reduzindo os riscos de doenças cardiovasculares, bem como outros problemas de saúde.

Desvantagens da Dieta do Dr. Terry Shintani

Uma desvantagem desta dieta é a necessidade de fazer muito exercício físico. Isto porque, teoricamente, a dieta permite comer tanto quanto se deseja e, por isso, é muito importante fazer bastante exercício, a fim de compensar as calorias extras.

Outra desvantagem que se pode apontar nesta dieta são as orientações rigorosas no que diz respeito aos tipos de alimentos permitidos.

Alimentos a consumir diariamente

  • Grãos
    4 a 6 doses
  • Vegetais
    3 a 5 doses
  • Fruta
    2 a 4 doses
  • Alimentos não lácteos com cálcio
    2 a 3 doses
  • Alimentos sem colesterol com proteínas e/ou ferro
    2 a 3 doses

Alimentos permitidos na dieta

 

Grupos de AlimentosConsumo ilimitadoConsumo moderado Consumo pouco frequente
CereaisArroz integral
Aveia
Cevada
Gérmen de trigo
Milho
Arroz branco
Aveia
Pão de trigo
Farinha branca
Massa não integral
Pão branco
Proteínas vegetais | Alimentos ricos em ferroCouves
Brócolos
Endívias
Favas
Grão
Lentilhas
Amendoins
Castanhas
Sementes de girassol
Soja
VegetaisAbóbora
Acelgas
Agrião
Aipo
Alcachofra
Alface
Brócolos
Cebola
Cenoura
Courgete
Couve-de-bruxelas
Couve-flor
Couves
Espargos
Espinafres
Nabos
Pepino
Rabanetes
Tomate
Abacate
Azeitonas
Alimentos ricos em cálcio (não lácteos)Acelgas
Brócolos
Cebola
Couve frisada
Couve-de-bruxelas
Endívias
Espinafres
Nabos
Melaço
Sementes de gergelim
Tofu e seus derivados
FrutasAmeixas
Amoras
Banana
Cerejas
Framboesas
Laranja
Limão
Maçã
Melão
Morangos
Nectarina
Pera
Toranja
Uvas

A constância permite controlar o apetite. Como os hábitos se adquirem e são fáceis de ser implementados, consumindo os alimentos certos, aprendemos a controlar os excessos sem ter de passar fome. Este é o pressuposto da dieta do Dr. Terry Shintani e, à medida que a gordura do corpo diminui, sentimo-nos mais saudáveis, calmos e ativos.

TAMBÉM PODERÁ GOSTAR DE LER:

Tire o máximo proveito das verduras e legumes
Conheça a Dieta Montignac
Devemos comer pão tradicional ou pão de forma?
Distúrbios Alimentares: anorexia nervosa e bulimia


Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>