Conheça os nutrientes: Sais Minerais – Iodo

o iodo na alimentação

O iodo é um componente fundamental das hormonas da tiroide e, por isso, é essencial para o bom funcionamento da tiroide, sendo que as hormonas tiroidianas regulam diversos processos fisiológicos, como o crescimento e desenvolvimento, metabolismo e função reprodutiva.

A falta de iodo pode levar a danos cerebrais, principalmente em crianças cujas mães não ingeriram a quantidade adequada do micronutriente durante a gravidez. Outro efeito da deficiência de iodo é o desenvolvimento do bócio, ou seja, o aumento da glândula da tiroide.

Além do sal usado na preparação das refeições e dos alimentos industrializados que contam com ele no modo de preparação, as principais fontes de iodo são os peixes de água salgada e frutos do mar, como bacalhau, sardinha, moluscos, ostras e camarão. O leite e seus derivados também contêm quantidade importante de iodo.

A recomendação diária é de 150 microgramas para pessoas com mais de 14 anos. No entanto, as grávidas precisam consumir 220 microgramas por dia. A quantidade ideal de iodo para lactantes é de 290 microgramas diariamente.

Verifique a quantidade do mineral presente em alguns alimentos:

85 g de bacalhau = 99 mcg de iodo
1 g de sal iodado = 77 mcg de iodo
1 chávena de leite = 56 mcg de iodo
1 ovo cozido = 29 mcg de iodo
½ lata de atum em óleo vegetal = 17 mcg de iodo

TAMBÉM PODERÁ GOSTAR DE LER:

A Diabetes tem cura?
Conheça os alimentos que diminuem o colesterol
Dieta do Dr. Siegal | Substitutos de Refeição
Dieta de Gloria Flart


Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>