Dicas Saudáveis

Benefícios do exercício físico para a dieta e saúde

benefícios do exercício físico

O exercício físico tem inúmeros benefícios para a saúde e é um dos melhores auxiliares para o ajudar a emagrecer de forma equilibrada.

Ao começar a praticar exercício físico, verá como as gorduras indesejáveis se queimam rapidamente e a massa muscular aumenta.

Se optar por uma modalidade desportiva, há óptimos desportos cardiovasculares que pode praticar, como o jogging, a bicicleta, a aeróbica, o step ou a natação. O ideal é fazer 40 minutos por dia.

Importância do peixe para uma dieta equilibrada

importância do peixe para uma dieta equilibrada

Para ter uma dieta equilibrada deverá comer peixe 6 vezes por semana.

O peixe é um alimento indispensável, uma vez que é composto por proteínas de alto teor biológico, vitaminas e minerais.

Além disso, é um dos poucos alimentos que contêm ácidos gordos ómega-3, indispensáveis para a manutenção das articulações.

Se tiverem espinhas, como é o caso dos peixes pequenos (anchovas, sardinhas, carapaus, …) são uma ótima fonte de cálcio para os ossos e articulações.

Conheça os edulcorantes calóricos

edulcorantes calóricos

Os edulcorantes calóricos são os edulcorantes naturais, a que vulgarmente atribuímos o sabor doce, pois guardamos essa imagem desde crianças por estar contido no açúcar de mesa. Contudo, no fabrico dum produto existem outros ingredientes além do açúcar.

AÇÚCAR DE MESA OU SACAROSE
É um edulcorante de mesa vulgar e frequente, caracterizando-se por ser um dissacarídeo formado por glucose e frutose que pode ser obtido a partir da cana de açúcar ou da beterraba sacarina.
Vantagens: Dá um sabor doce e agradável aos alimentos. Tem uma utilização fácil e diversificada, sendo acessível e fácil de encontrar.
Desvantagens: O seu consumo excessivo provoca grandes picos de insulina e, consequentemente, aumenta o risco da diabetes. Pode conduzir ao aumento do peso e é vulgarmente associado a cáries dentárias.

GLUCOSE OU DEXTROSE, XAROPE DE GLUCOSE
A glucose é a unidade funcional realmente metabolizada pelo organismo. Industrialmente é muito utilizada na forma de dextrose ou xarope de glucose, extraído do processamento do amido de milho ou de trigo.
Vantagens: Industrialmente é mais vantajosa que o açúcar de mesa pela sua pureza e versatilidade. Para os desportistas parece conduzir a uma reposição mais rápida e eficiente do glicogénio muscular.
Desvantagens: Provoca um pico de insulina máximo, pois tem um índice glicémico máximo. Por isso é desaconselhada nos diabéticos que não podem contrabalançar o aumento do açúcar no sangue. Numa alimentação saudável é mais importante fornecer açúcares de absorção menos rápida e que forneçam energia por mais tempo.

Cereais Integrais previnem Diabetes tipo 2

cereais integrais

A diabetes caracteriza-se pelo aumento irregular do nível de açúcar (glicose) no sangue. Os tipos mais comuns da doença são a diabetes tipo 1 e tipo 2. Os diabéticos do tipo 1 não conseguem assegurar a produção de insulina, sendo que a doença se desenvolve devido a uma reação autoimune.

No entanto, a diabetes tipo 2, que se tem vindo a tornar uma epidemia à escala mundial, tem como causas uma má alimentação e a obesidade. Mas esta variante da doença pode ser prevenida com uma dieta que contemple o consumo regular de cereais integrais.

Os grãos dos cereais têm fibras e magnésio, ajudando a controlar a glicemia de diabéticos tipo 2. A inclusão deste alimento no regime alimentar, permite ainda uma redução da quantidade de medicamentos necessários ao tratamento da diabetes.

Alimentação Saudável ajuda a prevenir a hipertensão

prevenir a hipertensão

A hipertensão arterial, confirmada como um dos principais fatores de risco para as doenças cardiovasculares, está associada a doenças como o acidente vascular cerebral, a angina de peito, o enfarte do miocárdio, a insuficiência cardíaca e a insuficiência renal.

“Todos os adultos devem medir a sua tensão arterial uma ou duas vezes por ano. Aqueles que registam valores elevados (acima de 140 para a máxima e 90 para a mínima) devem repetir as medições uma ou duas vezes por mês e, se os valores se mantiverem, devem consultar o seu médico. É importante que as pessoas fiquem a saber que a tensão alta não se manifesta através de sintomas concretos, só através da medição é que se sabe que ela está alta”, refere Paula Alcântara, secretária-geral da Sociedade Portuguesa de Hipertensão (SPH).

Ao circular nas artérias, o sangue exerce pressão nas paredes destas, e “quando essa pressão ultrapassa determinados limites (140/90 mmHg) chama-se hipertensão”, explica a responsável da SPH, salientando que “existem múltiplos fatores que podem desencadear a doença. Os fatores genéticos e o envelhecimento não são controláveis, mas existem também fatores ambientais que contribuem para o desencadear da doença, tais como a ingestão excessiva de sal, o excesso de peso e o sedentarismo, que podemos controlar, mudando os nossos hábitos de vida”. Uma alimentação saudável é, pois, fundamental para evitar situações de risco…