Nutrição e Alimentação

Alimentos que ajudam a emagrecer

alimentos que ajudam a emagrecer

Os alimentos que ajudam a emagrecer são essencialmente constituídos por nutrientes com um baixo valor calórico, ou alimentos que contêm alguns nutrientes que facilitam o emagrecimento.

Estes alimentos são designados de termogénicos, uma vez que aumentam a temperatura do corpo e fazem com que o organismo gaste mais calorias a realizar a sua digestão do que as calorias que eles realmente contêm. Os alimentos termogénicos devem estar sempre presentes na alimentação diária, agregados a uma alimentação saudável.

Alguns dos alimentos que ajudam a emagrecer, devido aos nutrientes que os constituem são:

Sumo de quinoa com mel

sumo de quinoa com mel

A quinoa é uma planta nativa da Colômbia  Peru e Chile, que produz uns grãos, sem glúten, nutricionalmente muito ricos. É considerada um dos alimentos mais completos, equiparando-se ao leite materno.

Este sumo natural é fonte de betacaroteno, vitamina C e antioxidantes que estimulam o sistema imunológico e previne o envelhecimento precoce.

Ingredientes:

Benefícios e propriedades nutricionais da Laranja

benefícios da laranja

A laranja é uma fruta pouco calórica, com elevado teor de água e rica em vitamina C.

Esta fruta originária da Ásia, especialmente da China e do arquipélago malaio. Entre as várias espécies de laranja existentes, as laranjas híbridas (resultantes da mistura de duas ou mais espécies diferentes) são as de maior tamanho, que têm melhor sabor e maior quantidade de sumo.

A melhor época para comprar laranjas vai desde meados do outono até à primavera.

Se forem consumidas em curto prazo, as laranjas podem ser deixadas à temperatura ambiente; no entanto, se pretende conservá-las durante mais de uma semana, deve colocá-las no frigorífico.

Conheça os nutrientes: Sais Minerais – Fósforo

alimentos ricos em fósforo

O fósforo é um sal mineral necessário para o desempenho celular, em geral. Cerca de 85% da quantidade total de fósforo está presente nos ossos, mas as suas funções não param por aí. O fósforo, combinado com o cálcio, forma o maior componente dos ossos e dentes.

Durante o processo de metabolização do mineral no organismo, têm origem estruturas chamadas de fosfolipídios, que compõem a membrana de todas as células.

Outra função do fósforo é produzir e armazenar energia. O micronutriente está também presente no código genético (DNA e RNA), ativa enzimas e mantém o balanço ácido-básico do organismo. O corpo precisa do fósforo para equilibrar seu pH, que deve ser constante, garantindo o sucesso das reações químicas responsáveis por manter todos os órgãos em funcionamento.

Fibras fazem mais que regular o trânsito intestinal

alimentos ricos em fibras

As fibras devem fazer parte de qualquer regime que preze o equilíbrio alimentar, sendo bem conhecidas por aqueles que sofrem de obstipação intestinal.

As fibras são uma parte dos hidratos de carbono que não é digerida e absorvida pelo organismo. Isso explica a sua ação mais famosa: a regulação do trânsito intestinal, pois ao aumentarem o volume das fezes, aceleram a sua eliminação.

E está muito enganado quem pensa que as vantagens das fibras ficam por aí. As suas fontes alimentares e os seus benefícios variam de acordo com a classificação, dividindo-se estas em dois grandes grupos:
– As fibras solúveis
– As fibras insolúveis