Saúde da Tiróide: hipertiroidismo e hipotiroidismo

Engordar ou emagrecer de repente, sem fazer qualquer modificação no regime alimentar ou nas tarefas diárias, são indícios que algo não funciona bem com a tiróide. Ler ... »

Propriedades nutricionais dos tremoços

Se gostar de “petiscar”, os tremoços são uma boa opção. Ao fazê-lo, estará a reduzir o consumo de calorias ao mesmo tempo que aumenta a ingestão de fibras. Ler ... »

Propriedades nutritivas e medicinais da alface

As alfaces são boas aliadas numa dieta de emagrecimento, dado que contêm uma boa fonte de fibra laxante, que aumenta a sensação de saciedade. Ler ... »

Sabia que a maçã ajuda a reduzir a ingestão de calorias?

A fruta deve ser ingerida antes das refeições e não depois. Frutas consistentes, como a maçã, enviam rapidamente uma mensagem de saciedade para o cérebro. Ler ... »

Alimentação e Saúde: alimentos que diminuem o colesterol

Conseguimos controlar o colesterol e zelar pela nossa saúde, fazendo pequenas adaptações no nosso regime alimentar, de modo a ter uma dieta equilibrada e saudável. Ler ... »

 

Arquivos Diários: Setembro 19, 2018

O que causa a obesidade?

o que causa a obesidade

As causas da obesidade são muitas e variam de pessoa para pessoa. Há fatores que podem contribuir para o desequilíbrio entre a ingestão e o consumo de calorias — como a idade, sexo e genes, composição psicológica e fatores ambientais.

Diferentes pesquisas têm demonstrado que a obesidade pode a ser hereditária devido a hábitos de vida, dieta comum, podendo também ser causada por genes. Mas isso não significa em absoluto uma pessoa será obesa somente por ter parentes obesos.

Há muitas coisas que nada têm a ver com fome e que podem conduzir à obesidade. De entre elas, podemos enumerar fatores negativos (como depressão, tédio, desespero ou fúria) que nos levam a comer demais e que, se não forem controlados, podem ser potenciais causadores da obesidade. Não quer isto dizer que as pessoas com excesso de peso e obesas têm mais problemas emocionais do que as outras pessoas. O problema é que os seus hábitos alimentares têm influência nos sentimentos a eles associados e conduzem facilmente à obesidade.