Conheça os alimentos que diminuem o colesterol

alimentos que diminuem o colesterol

Se pensa no seu bem-estar e procura ter uma alimentação saudável, saiba quais são as melhores escolhas alimentares para controlar o colesterol.

Aveia:
A aveia é um bom alimento para diminuir os níveis a gordura no sangue, porque possui betaglucana, uma fibra solúvel que inibe a síntese do colesterol. Uma taça de aveia ao pequeno-almoço proporciona cerca de 1 a 2 gramas desse tipo de fibra, sendo a recomendação diária de fibras solúveis de 5 a 10 gramas.

Beringela e quiabo:
Estes vegetais, além de serem boas fontes de fibras solúveis, possuem um baixíssimo valor calórico e substâncias antioxidantes.

Conheça os nutrientes: Sais Minerais – Cálcio

alimentos ricos em cálcio

De todos os nutrientes, o cálcio é o mineral mais abundante no nosso organismo, sendo que 99% dele está presente nos dentes e ossos; estando o restante concentrado nos líquidos corporais e nos tecidos.

Para o bom funcionamento fisiológico, o cálcio presente no sangue e nos líquidos que envolvem as células deve ser mantido em baixa concentração. Quando a alimentação não dá a quantidade diária necessária de cálcio, o organismo encarrega-se de captar o cálcio existente nos ossos.

No entanto, esta reação defensiva do corpo revela-se perigosa e pode levar a graves acidentes, pois o esqueleto fica enfraquecido. Crianças e adolescentes que ingerem a quantia mínima de cálcio durante muito tempo podem mesmo impedir que a massa óssea atinja os níveis de referência.

Importância da Fruta na alimentação

Importância da Fruta na alimentação

A fruta é muito importante na alimentação. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) e com a Pirâmide Alimentar, devemos comer diariamente entre três a cinco porções de fruta, dependendo das necessidades de cada pessoa.

“O importante é variar e não consumir exclusivamente um único tipo de fruta, apenas e só porque é mais ou menos calórico.” refere a Dra. Alexandra Bento (Presidente da Associação Portuguesa de Nutricionistas – APN)

“A fruta é um excelente aliado do verão, uma vez que, para além de todos os seus benefícios sobejamente conhecidos, é extremamente hidratante e pouco calórica, pois tem uma grande percentagem de água na sua composição e apesar de conter alguns açúcares, tais como frutose, glicose ou sacarose, estes estão sempre presentes em pequenas percentagens, assim como a gordura, o que faz com que na sua generalidade a fruta tenha valores muito reduzidos de calorias”, refere a Dra. Alexandra Bento.

Chocolate faz bem à saúde

coma chocolate, pela sua saúde

O chocolate, além de despertar o corpo e provocar sensações emocionais únicas, tem benefícios para a saúde, uma vez que protege o coração, o sistema nervoso e ainda alivia a TPM (tensão pré menstrual).

Quimicamente, o chocolate possui importantes componentes estimulantes:

  • A cafeína, que inibe a atuação da adenosina no cérebro, substância responsável por diminuir o ritmo de atividade dos neurónios.

Aprender a viver com a diabetes

aprender a viver com a diabetes

As pessoas diabéticas que correm mais risco são as que têm o físico do tipo «maçã», pois a acumulação de gordura à volta do abdómen faz com que a insulina seja menos eficiente a controlar os níveis de glicose.

As pessoas com diabetes tipo 2 não precisam necessariamente de fazer uma dieta especial, mas se tiverem excesso de peso – o que acontece com cerca de 80% das pessoas com diabetes do tipo 2 -,  é importante que emagreçam. A maioria das pessoas sabe como é difícil seguir uma dieta para perder peso e fazer exercício físico, mas os diabéticos ignoram, muitas vezes, os riscos que correm: qualquer diabetes é grave e pode conduzir a complicações devastadoras.

O excesso de açúcar no sangue danifica os órgãos e o sistema vascular; isso significa que pessoas com diabetes estão muito mais propensas a doenças cardiovasculares e têm três vezes mais hipóteses de ter colesterol alto, hipertensão ou obesidade – cerca de 80% das pessoas com diabetes acabam por morrer de ataque cardíaco ou derrame cerebral.