Vida e Saúde: tudo sobre o Colesterol

tudo sobre o colesterol

O colesterol, que só existe no reino animal, é um elemento das células e está presente no cérebro, nos nervos, nos músculos, na pele, no fígado, nos intestinos e no coração. Trata-se de uma substância imprescindível para a nossa vida e saúde, uma vez que, a partir dele, o organismo produz substâncias importantes – como hormonas, vitaminas e ácidos – que ajudam na digestão.

No entanto, para que possamos usufruir de todos os seus benefícios, temos de manter o colesterol controlado, adotando hábitos de vida saudáveis e uma dieta equilibrada.

Para ter o colesterol em níveis normais, há quatro princípios básicos a que deve obedecer:

A Obesidade como doença crónica

obesidade

A alimentação é um dos aspetos que mais contribui para o bem-estar das pessoas, fornecendo-nos todos os nutrientes e calorias necessários para nos mantermos com energia e com um corpo saudável. No entanto, há diversos fatores que condicionam os nossos hábitos alimentares e o próprio estilo de vida, levando-nos a comer mais do que necessitamos. Como tal, a obesidade é cada vez mais notória, ao ponto de ser já considerada uma doença crónica.

Atualmente, o stress e a falta de tempo fazem parte do quotidiano da maioria das pessoas, que levam um estilo de vida marcadamente tenso. O dia de trabalho é muito preenchido e, muitas vezes, descuramos de uma alimentação equilibrada e saudável, saltando refeições ou ingerindo apenas salgados ou sandes que apenas colmatam a fome à hora do almoço. À noite, pelo contrário, tendemos a comer demais. Como resultado, a comida que ingerimos a mais a esta hora do dia, em que o organismo já não precisa de muita energia, uma vez que é durante a noite estamos em repouso, transforma em gordura que é armazenada no nosso corpo. Desta forma, obesidade vai-se instalando e torna-se uma doença silenciosa.

A obesidade é atualmente um dos principais problemas de saúde na maioria dos países industrialmente desenvolvidos. Em alguns países, como os Estados Unidos, por exemplo, a obesidade chega mesmo a ser considerada uma epidemia, sendo a causa de cerca de 300 mil mortes por ano. Quase metade dos americanos sofre de excesso de peso – incluindo pelo menos 1 em cada 5 crianças.

Siga uma Dieta Saudável e Controle o Stresse

dieta saudável sem stresse

O stresse afeta a maioria das pessoas e é um dos piores inimigos da saúde, conduzindo a uma dieta desequilibrada e pobre em nutrientes. Comer sempre que algo corre mal aumenta a nossa secreção de cortisol, uma hormona que favorece o aumento de peso e a retenção de líquidos.

Seguir uma dieta de emagrecimento é um processo que pode originar stress ou uma certa ansiedade. Mas, com um pouco de disciplina e força de vontade, é possível emagrecer sem stress. O segredo está na adoção gradual de hábitos alimentares saudáveis, não querendo atingir os objetivos em poucos dias. Uma dieta demasiado restritiva e curta só vai desencadear ansiedade  e uma grande sensação de frustração, pois não é fácil eliminar drasticamente alimentos saborosos do regime alimentar, cortar no açúcar, na gordura e nos refrigerantes, além de controlar rigorosamente as horas de cada refeição.

Quando estamos sujeitos ao stress, o tipo de alimentação tende a ser nutricionalmente mais pobre e mais calórico. A ansiedade associada ao stress, stress leva-nos a comer compulsivamente alimentos ricos em gorduras e açúcares que nos fazem engordar e que pouco (ou nada) beneficiam a nossa saúde.

Sexo Matinal traz Benefícios para a Saúde

Sexo Matinal traz Benefícios para a Saúde

Fazer sexo de manhã, três vezes por semana, traz grandes benefícios para a saúde. Esta constatação é o resultado de um estudo, publicado na revista New Scientist e realizado pela Queen’s University de Belfast.

De entre os vários fatores positivos, destacam-se os seguintes:

  • Fortalece as defesas naturais, pois há uma libertação de anticorpos que nos protegem de infeções indesejadas;
  • Dá mais ânimo e melhora o humor;
  • Queima calorias;
  • Atrasa o envelhecimento;
  • Melhora a circulação sanguínea;
  • É um bom protetor cardiovascular.

Diabetes, a doença e as suas implicações para a saúde

Diabetes, a doença e as suas implicações para a saúde

A diabetes é a doença com crescimento mais rápido no Mundo, com 230 milhões de pessoas já afetadas. Embora tendamos a pensar o contrário, a diabetes não é um problema dos outros, mas sim de todos nós! O risco de desenvolver diabetes durante a vida é de 33% nos homens e de 39% nas mulheres.

A diabetes é a primeira causa, a nível mundial, de doenças do coração, derrame cerebral, cegueira, afeção grave de rins e amputação dos membros inferiores…

Mas em que consiste esta doença, ao certo?
O problema da diabetes é basicamente este: excesso de açúcar (glicose) no sangue. A glicose é a nossa fonte principal de energia, que deriva dos hidratos de carbono que ingerimos e é absorvida pelas nossas células com a ajuda da hormona insulina; se o nosso organismo tiver um problema de insulina, a glicose não é absorvida. Há várias razões para isto acontecer: em algumas pessoas, o pâncreas deixa de produzir insulina, o que origina a diabetes tipo 1. Mas na maior parte das pessoas com diabetes, o corpo tem dificuldade em processar a insulina que o pâncreas produz: é a diabetes tipo 2.